New Japan 


O jeito nipônico de morar valoriza a harmonia e o equilíbrio através de detalhes que transmitam sensações de conforto e de bem-estar. Sua sofisticação discreta, incorporada ao ocidente, ganha novos 
acordes, aliando o essencial a sutis toques de ousadia.


Minimalismo Oriental. Essencialmente discreta, a decoração de influência nipônica permite pequenas doses de excentricidade. Aqui, o papel de parede em padrão orgânico tempera o ambiente de aura minimalista, onde as linhas puras predominam. Com um encosto alto, em madeira, o sofá diva, da Deesawat, proporciona conforto e privacidade ao usuário, evocando a atmosfera relax dos jardins orientais. 


Neste espaço, a simplicidade do design escandinavo (Normann Copenhagen) com contornos levemente arredondados, é acrescida por toques nipônicos, como as nuances de vermelho e a dimensão reduzida do mobiliário, revelando um rico mix de culturas.  


Tradição renovada. Sempre com um aspecto único, por conta de seus veios naturais, a madeira é uma das matérias-primas mais utilizadas desde o início das civilizações. Bastante presente e valorizada na cultura japonesa, ela  ganha diferentes aplicações, emprestando calidez aos ambientes. Nesse living da Normann Copenhagen flerta com a estética minimalista e sofisticada do Oriente, com o painel ripado em madeira e mobiliário em linhas puras. 


Aqui, as diferentes nuances da madeira natural, presente nos revestimentos, nichos e poltronas, contracenam com o efeito industrial da mesa em ferro, da Porro, promovendo um diálogo entre o Japão tradicional e moderno. 


Made in China. Utilizado para dividir e decorar os ambientes, o biombo tem suas raízes nas antigas dinastias chinesas e logo conquistou espaço nos países vizinhos, como Japão, tornando-se símbolo do design oriental em todo o mundo. Na imagem, o biombo da Giorgetti é incorporado à ambientação, trazendo um toque desta tradição milenar ao living de aura contemporânea, ao mesmo tempo em que dialoga com as cores e materiais do décor. 


No ambiente, da Twils, o biombo ganha destaque pelo efeito decorativo e, mais uma vez, a estética sobressai à função. Móveis de proporções enxutas, confortáveis pufes e tapetes complementam a proposta de conforto e bem-estar do estilo.






Voltar

Edições Anteriores

Revista Ambientes | Arquitetura | Decoração | Estilo | Design
As tendências para 2017 trazem diferentes propostas para r...
[ Leia Mais ]   
Luz da Noite, Novos Rumos, Simplicidade Essencial e Sem Fr...
[ Leia Mais ]   
A exuberância da fauna e da flora brasileira é o ponto de ...
[ Leia Mais ]   
De modo geral, os neutros dominaram a paleta do Salão do M...
[ Leia Mais ]   
Pinçamos quatro tendências que apontam os caminhos do déco...
[ Leia Mais ]   
O jeito nipônico de morar valoriza a harmonia e o equilíbr...
[ Leia Mais ]   
Pelas mãos de grandes criadores e marcas da contemporaneid...
[ Leia Mais ]   
Mix and match, termo da moda que aponta na arquitetura tra...
[ Leia Mais ]   
Reunimos peças, formas, cores e texturas que irão dar o qu...
[ Leia Mais ]   
Sutil, feminino, chic... O mais delicado dos pastéis, e suas...
[ Leia Mais ]   
Milão foi de um polo ao outro no quesito cores. De um lado...
[ Leia Mais ]   
A energia da natureza entra em sintonia com a arte humana ...
[ Leia Mais ]   
[ Leia Mais ]   
Repetições de imagens, ícones da música, do cinema e dos qua...
[ Leia Mais ]   
 
Mova a barra de rolagem acima para os lados para visualizar mais edições





     Edições Anteriores