Trends Cromáticas 



Luz da Noite, Novos Rumos, Simplicidade Essencial e Sem Fronteiras são as novas tendências de cores da Sherwin-Williams, que devem influenciar o décor em 2017.



LUZ DA NOITE. A primeira das quatro tendências da Sherwin-Williams traz cores escuras, oferecendo um refúgio ao excesso de informação visual que compõe a cena urbana, ofuscando, com seus letreiros luminosos, o brilho misterioso da noite. Inspirada pela austeridade barroca, a paleta rica em vinhos aconchegantes, azuis nórdicos, neutros clássicos e amarelos preciosos inunda os espaços, trazendo um toque de dramatismo e um brilho sensual aos ambientes, numa nostalgia comovente. 



SIMPLICIDADE ESSENCIAL. O luxo, ressignificado sob a ótica da sustentabilidade, foi o ponto de partida para os 10 tons que compõem esta paleta simples e adaptável, dominada por neutros gelados, rosas nobres e marrons selvagens. Estampas botânicas e matérias-primas como o couro também são bem-vindas para exaltar o desejo de estar junto à natureza, traduzindo um novo cenário, em que o consumo desenfreado cede espaço 
por uma busca constante de novas experiências. 



APELO NATURAL. Nuances mais pálidas se aliam a matérias-primas naturais e às estampas botânicas em busca de trazer um certo frescor natural aos ambientes.



NOVOS RUMOS. A prova de que transitamos entre o real e o virtual fica explícita na maneira com que sempre estamos buscando reinventar o novo, com o objetivo de ressaltar uma autoexpressão que defina fielmente a imagem que transmitimos. Essa fluidez da identidade é o mantra da geração voltada para uma energia que inspira tons ardentes e cores vibrantes, como as de um belíssimo quimono de uma gueixa.


IDENTIDADE FLUIDA. As cores ousadas da paleta transmitem uma energia contagiante, que reforça a importância do autoconhecimento.



SEM FRONTEIRAS. A globalização tem encurtado as distâncias, redefinindo fronteiras, nacionalidades e trazendo à tona um senso de coexistência antes jamais vivenciado. Neste cenário, em que todos somos cidadãos do mundo, o design brasileiro se conecta com diversos povos e culturas para assumir uma identidade ainda mais plural, onde a consciência coletiva se pinta de todas as cores, a exemplo dos tons de água-doce, oceano azul e vermelho intenso que dialogam nesta paleta versátil, que pode transitar em qualquer lugar.


NOTAS ÉTNICAS. O colorido vibrante das estampas tribais e as texturas handmade expressam uma identidade  conectada a diversas culturas.






Voltar

Edições Anteriores

Revista Ambientes | Arquitetura | Decoração | Estilo | Design
Como protagonista, embora sempre muito bem acompanhados, m...
[ Leia Mais ]   
As tendências para 2017 trazem diferentes propostas para r...
[ Leia Mais ]   
Luz da Noite, Novos Rumos, Simplicidade Essencial e Sem Fr...
[ Leia Mais ]   
A exuberância da fauna e da flora brasileira é o ponto de ...
[ Leia Mais ]   
De modo geral, os neutros dominaram a paleta do Salão do M...
[ Leia Mais ]   
Pinçamos quatro tendências que apontam os caminhos do déco...
[ Leia Mais ]   
O jeito nipônico de morar valoriza a harmonia e o equilíbr...
[ Leia Mais ]   
Pelas mãos de grandes criadores e marcas da contemporaneid...
[ Leia Mais ]   
Mix and match, termo da moda que aponta na arquitetura tra...
[ Leia Mais ]   
Reunimos peças, formas, cores e texturas que irão dar o qu...
[ Leia Mais ]   
Sutil, feminino, chic... O mais delicado dos pastéis, e suas...
[ Leia Mais ]   
Milão foi de um polo ao outro no quesito cores. De um lado...
[ Leia Mais ]   
A energia da natureza entra em sintonia com a arte humana ...
[ Leia Mais ]   
[ Leia Mais ]   
Repetições de imagens, ícones da música, do cinema e dos qua...
[ Leia Mais ]   
 
Mova a barra de rolagem acima para os lados para visualizar mais edições





     Edições Anteriores