Helena R√™go e Sylvia Furtado 





ESTILO AMERICANO. A cliente desejava uma casa bem ao estilo norte-americano. A proposta foi lan√ßada e o resultado foi um projeto aut√™ntico, com direito a telhas cinza e cores claras, piso em madeira, volumetrias com v√°rias janelas e at√© um s√≥t√£o. As profissionais embarcaram no sonho e, para isso, desenharam cada detalhe, como os gradis e at√© as ma√ßanetas. ‚ÄúTudo foi pensado junto com a propriet√°ria‚ÄĚ, revela Sylvia. 


Um desafio do projeto, localizado em um condom√≠nio fechado na cidade de Natal (RN), foi adaptar a constru√ß√£o ao clima local. Afinal, as resid√™ncias neste modelo costumam ser compartimentadas. 


‚ÄúBuscamos valorizar a ventila√ß√£o cruzada e tamb√©m conectamos os espa√ßos‚ÄĚ, conta Helena. Assim, living, sala de jantar, escrit√≥rio, cozinha e varanda foram totalmente integrados, sem perder a ess√™ncia americana, √© claro. 



ARQUITETURA COM ACESSIBILIDADE. O casal de meia idade sabia muito bem quais suas necessidades. Por isso, n√£o foi dif√≠cil para as arquitetas encontrarem o tom exato do projeto, localizado em um condom√≠nio fechado na capital potiguar. A ideia √© que a resid√™ncia de 260 m¬≤ fosse completamente linear e desenvolvida com solu√ß√Ķes de acessibilidade, incluindo portas largas, corredores amplos e ambientes integrados, que favorecem a boa circula√ß√£o. 


Apesar de n√£o contar com pavimentos superiores, o resultado da constru√ß√£o √© imponente, apostando no p√©-direito alto e jogos de volumes. O conforto e a contemporaneidade tamb√©m deveriam estar presentes na identidade do projeto. Por isso, linhas retas comandam a arquitetura, assim como os materiais naturais, como a pedra, o ferro e a madeira, trazendo uma identidade √ļnica ao projeto. 



LIBERDADE CRIATIVA.
 Neste projeto, realizado em parceria com a s√≥cia Helena R√™go, Sylvia Furtado pode se voltar para sua pr√≥pria ess√™ncia, uma vez que se trata de seu apartamento. Ao combinar uma s√©rie de elementos que comp√Ķem seu repert√≥rio de gostos e afetos, a dupla criou uma ambienta√ß√£o rica em detalhes e repleta de personalidade, com √™nfase no estilo r√ļstico-contempor√Ęneo. 


Um dos pontos de partida para o d√©cor foi a forte presen√ßa da madeira, material que surge em revestimentos e no mobili√°rio, resgatando uma doce lembran√ßa da casa da tia, onde Sylvia viveu bons momentos durante a inf√Ęncia. O sof√° Chesterfield, objeto de desejo de todo amante do design, traz o calor natural do couro para complementar a cartela de cores aconchegante, em cinza e marrom, com pinceladas de laranja, vermelho, verde e turquesa. A sobreposi√ß√£o do tapete Kilim e da pele de vaca tamb√©m tem tudo a ver com o estilo adotado, assim como as pe√ßas adquiridas em viagens e a combina√ß√£o pessoal de m√≥veis soltos. 



‚ÄúEles permitem mudar o layout e transmitem sensa√ß√£o de liberdade‚ÄĚ, afirma, enfatizando, mais uma vez, o sentimento que permeou todo o projeto.


COLORIDO OUSADO.
O cliente tinha como √ļnica exig√™ncia o uso de cor, muita cor, em seu apartamento na praia, inclusive requisitou paredes vermelhas no quarto. E por que n√£o? 


Assim, com liberdade para ousar, a dupla investiu em uma ambientação com cara de verão e a energia do litoral, traduzidas em tons vibrantes de amarelo e laranja, algumas paredes lavadas de azul petróleo e no tão desejado vermelho. Obras de arte, papéis de parede e misturas de estampas integram a linguagem descontraída do projeto, trazendo mais vida e personalidade aos espaços. Para equilibrar, algumas paredes preservam os tons neutros e os móveis soltos são trabalhados em madeira natural.



J√° a cozinha surge numa proposta mais clean, tirando partido de linhas retas e da eleg√Ęncia do contato do fendi com o m√°rmore. O amarelo entra em cena para trazer o toque de cor, em sintonia com a linguagem vibrante do projeto.


CASA DE VER√ÉO. 
A casa de veraneio ganhou uma gostosa √°rea de lazer, com vista para a praia. A dupla apostou na simplicidade da madeira para compor o caramanch√£o e lounges de relax.






MARUSKA HOME. Esta √© a segunda loja da cliente projetada pelas arquitetas e a novidade √© o uso do azul quase lavanda, convocado para renovar o espa√ßo e trazer boas energias, j√° que √© um tom que estimula a harmonia e a tranquilidade. 



A cor foi aplicada nas paredes, nos tijolinhos originais e mesmo nas grades de acesso ao jardim. ‚ÄúRecuperamos o gradeado que desenhamos para outra loja da mesma cliente‚ÄĚ, afirma Helena. 



Para contrapor, utilizaram o dourado nas estantes exclusivas e o tom clarinho da madeira freij√≥ no balc√£o. 



Outro destaque √© a escolha das lumin√°rias, supercharmosas, para personalizar. Como se trata de um espa√ßo dedicado a objetos de decora√ß√£o, a inten√ß√£o foi exatamente a de um ambiente gostoso, com cara de casa, para os clientes se sentirem √† vontade e apreciarem todos os produtos que a loja oferece, sem pressa.











Voltar

Edi√ß√Ķes Anteriores

Revista Ambientes | Arquitetura | Decoração | Estilo | Design
Funcionalidade e frescor s√£o marcas nos projetos de B√°rbar...
[ Leia Mais ]   
Cuidadosas, detalhistas e supercomprometidas, essas duas a...
[ Leia Mais ]   
A frente do escritório Coruja Arquitetura, que completa se...
[ Leia Mais ]   
A dupla faz uma imers√£o em cada projeto e investiga em det...
[ Leia Mais ]   
Eles falam do processo criativo, da vis√£o profissional e d...
[ Leia Mais ]   
Claudiny Cavalcanti segue uma estética que não se filia a ...
[ Leia Mais ]   
O comprometimento com a profiss√£o e com a qualidade do res...
[ Leia Mais ]   
Qual o segredo da eleg√Ęncia? Entre infinitas possibilidade...
[ Leia Mais ]   
Maria Luiza Lamas n√£o deixa a ideia de contempor√Ęneo virar...
[ Leia Mais ]   
Experiência, inovação e personalidade são algumas das prin...
[ Leia Mais ]   
 
Mova a barra de rolagem acima para os lados para visualizar mais edi√ß√Ķes





     Edições Anteriores